A carregar...

Subscreva a nossa Newsletter!

Ana Santos

Ana_Santos-grande.png


ANA SANTOS


FORMAÇÃO

A frequentar o Mestrado em Ensino de Dança, na Escola Superior de Dança de Lisboa.

Frequentou a Escola Superior de Dança de Lisboa (98/02)e na Escola Profissional Ballet Teatro do Porto, e teve formação complementar no Escola de Dança Rui Horta, Fórum Dança (Curso de Pesquisa e criação coreoráfica), C.e.m (Zona Z- Formação Intensiva), ESTC (Acção de formação Educação pela arte), Just4Teens (Curso massagem infantil).

 

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Realça como bailarina, a Companhia Lisboa Ballet Contemporâneo de 2003 a 2006, onde dançou as criações de Benvindo Fonseca: “Uma Noite com Ella”, “Sal Capate”, “Makeba”, “Múrmurio”, “Para que a terra não esqueça”, “Como água para chocolate”, “A Casa de Bernarda Alba”, “Castâneda”, “Mar” de Madredeus Ballet e ainda “Veronika…eu?” de Gagik Ismaillan e “Dreamland” de Barbara Griggi.

Em 2008, é co-criadora e bailarina do espectáculo transdisciplinar “Manifesto iD”, promovido pela sentidos ilimitados®. Integrou ainda, como bailarina, o espectáculo "Amar a Terra" de César Moniz pelo Kamu Suna Ballet Company. Participou com a criação de uma instalação e movimento numa performance artística na Casa Museu da Fundação Bissaya Barreto, em Coimbra, baseada numa adaptação do projecto "Manifesto iD", sob a direcção artística de Paula Pinto. Criou e interpretou "Solo nº13" para o espectáculo "Ópera por Caminhos Reais" apresentado em Julho no Museu dos Coches em Lisboa.

Em 2009, integrou como bailarina o espectáculo "Ópera Crioulo", de Vasco Martins e António Tavares, apresentado dias 27 e 28 Março no Grande Auditório do Centro Cultural de belém, e foi Intérprete na reposição do solo "Murmúrio" de Benvindo Fonseca para o Lisboa Ballet Contemporâneo, dia 29 Abril 09 no Auditório Eunice Munôz, Oeiras. Coordenou o Workshop “Residentes” de Movimento Contemprâneo, Composição e Improvisação de Outubro 08 a Julho 09.

Em 2010, estreou  o solo: “Nós, que somos apenas quase...” uma colaboração com a artista plástica Isabel Baraona, inserida no Festival Internacional de Solos de dança contemporânea da Malaposta. Foi assistente do coreógrafo Benvindo Fonseca, na nova criação “Edzer” para a companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo. Em 2010, dançou ainda o solo “Murmúrio” de Benvindo Fonseca, nas comemorações do Centenário da República, no Palácio de Belém, Lisboa. Em 2011, foi intérprete na performance "Jus Soli", de António Tavares, apresentada em Julho no CCB, no âmbito do Festival CCB fora de Si.

EXPERIÊNCIA Pedagógica

Orienta aulas e workshops desde 1998 de Dança Jazz, Dança Criativa, Dança Contemporânea, Movimento Contemporâneo, Improvisação, composição e alongamentos, em instituições públicas e privadas, nomeadamente, no CEM, Espaço azul-Nextart, Escola EB1 das Laranjeiras, Escola EB1 de Sete Rios, Ginásio StretchGym, Junta de Freguesia São Domingos de Benfica, Estabelecmento Prisional de Lisboa, Estúdio de Dança 7ª Posição, Escola de Dança DanceSpot e Escola de Dança da Companhia de Dança de Almada.